QUAL A QUANTIDADE CERTA DE ÁGUA POR DIA PARA CÃES E GATOS?

Qual a quantidade certa de água por dia para cães e gatos?

Com a chegada do calor, é comum que donos de animais se preocupem mais com a hidratação de seus pets. O cuidado é justificado e necessário. “No verão, o calor pode desidratar os bichinhos, pois a tendência é que aumente a perda de água corporal pela transpiração”, afirma Eduardo Liparelli, médico veterinário do Pet Care. “A água tem inúmeras funções para os pets, como para nós, humanos”, completa Eliana Teshima, médica veterinária e nutróloga do Alimentarvet.

Para hidratar seu bichinho da melhor maneira, veja as respostas dos profissionais a 10 dúvidas comuns sobre o assunto:

1) Qual a quantidade diária correta de água que um pet deve ingerir?
Um cão deve ingerir em torno de 50 a 60 ml por quilo de seu peso diariamente. Ou seja, um cachorro com 10 quilos precisa beber cerca de 600 ml de água por dia, “incluindo a água ingerida junto com a alimentação”, lembra Eliana. “Mas varia muito de acordo com o animal, a dieta e o ambiente”, ressalta. “Pets que comem ração úmida ou alimento natural já consomem bastante líquido e, assim, tendem a tomar menos água. Já cadelas em amamentação ingerem muito mais água para a produção de leite para os filhotes”, detalha a veterinária. Eduardo, por outro aldo, recomenda uma quantidade ainda maior: de 80 a 100 ml por quilo de peso por dia. Para os gatos, o cálculo é semelhante, porém, por sua natureza evolutiva, eles costumam ingerir menos água do que os cães, segundo Eliana.

2) Qual é o tipo de água mais indicado? Mineral, da torneira ou filtrada?
Qualquer uma delas, desde que seja potável, limpa e fresca.

3) Como devem ser feitas as trocas da água?
É recomendada a troca e a higienização do pote diariamente.

4) Quantas vezes por dia é preciso dar água ao pet?
O ideal é deixar água disponível à vontade. Dessa maneira, o animal pode se hidratar sempre que tiver sede.

iStock_000010319482_Large_menor

5) Qual quantidade de água é preciso deixar para o pet durante viagens do dono, se o animal ficar alguns dias sozinho em casa?
“O ideal é deixar vários potes extras, protegidos da chuva e sol com fácil acesso ao pet”, indica Eliana. Se forem muitos dias fora de casa, peça a alguém para ir uma vez ao dia para trocar por água limpa. “Pequenos incidentes podem contaminar a água e até mesmo derramar a água no chão”, alerta Eduardo.

6) Outros líquidos são permitidos aos pets?
Existem algumas bebidas para pets no mercado, porém devem ser oferecidas apenas esporadicamente, conforme Eliana. Água é sempre a melhor opção para hidratar os bichinhos.

7) Beber água é tão importante para o pet como para o ser humano?
Sim, pois a água é um nutriente essencial que faz parte da maioria dos processos químicos celulares. Ela é o principal componente do sangue e dos tecidos, é necessária para a digestão de alimentos, termorregulação e diversas funções orgânicas.

iStock_000057042534_XXXLarge_menor

8) Como fazer o bichinho beber água na vasilha?
Basicamente, a água deve sempre estar fresca e limpa. Existem bebedouros específicos para algumas raças de cães com orelhas compridas. Eles são mais estreitos e evitam que as orelhas molhem quando o cachorro bebe água. Para os gatos, que são mais exigentes, a vasilha deve ser larga e sempre cheia, pois eles não gostam de encostar os bigodes nas laterais. Alguns não tomam água nas vasilhas, preferem água corrente. Já existem no mercado fontes para gatos em que a água circula. “As vasilhas devem sempre estar próximas para que eles não tenham preguiça de ir até o pote beber água”, recomenda a médica veterinária.

9) Como hidratar melhor o pet no calor?
“No verão, o calor pode desidratar os bichinhos, pois a tendência é que aumente a perda de água corporal pela transpiração”, explica Eduardo. É preciso oferecer mais água, especialmente após atividades físicas, ou deixar à vontade durante o dia todo.

10) Há diferenças entre a hidratação do cachorro e a do gato?
“Existem pequenas diferenças entre o cão e o gato, porém, não devemos distinguir a forma de oferecer a água, que é sempre”, orienta o veterinário.

Fonte: http://especiais.estadao.com.br/portal-animal/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*